RECEBA ATUALIZAÇÕES DO BLOG VIA EMAIL

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

 
Fórum:
Conceitos e Preconceitos
Por uma Infância sem Racismo

Os impactos do racismo na infância como
uma expressão da “questão social”


31/08  a  02/09/11
Volta Redonda/RJ
Público-alvo
Estudantes universitários e secundaristas, autoridades políticas regionais, acadêmicos e membros da sociedade civil como um todo.

Programação:
Dia: 31 de agosto – quarta-feira
Cerimonial de Abertura
Horário: 19h
Local: Auditório UBM Campus Cicuta

Dia 01 de Setembro – quinta-feira
Temática: “Os Impactos do Racismo na Infância e Juventude”
Mesa 1: Por uma infância sem racismo: uma questão de direitos humanos.
Horário: 09h30
Local: Auditório UBM – Campus Cicuta
Público Alvo: estudantes do ensino superior e médio, órgãos públicos, entidades, associações, secretarias municipais e o publico em geral.

Mesa 2: A questão do preconceito, da discriminação e do racismo em uma dimensão crítica.
Horário: 14h30
Local: Auditório UBM – Campus Cicuta
Público Alvo: Instituições Públicas e Privadas / Rede de Apoio e Atendimento a Criança e Adolescente / Sistema de Garantias

Mesa 3: Ações afirmativas e o racismo no Brasil.
Horário: 19h
Local: Auditório UBM Campus Cicuta
Público Alvo: Universitários

Dia 02 de Setembro – sexta-feira
Temática: “Raça e Classe Social: Desafios e Conquistas”

Mesa 1: Política de Cotas: Um caminho para uma sociedade sem racismo? (Debate).
Horário: 09h30minh
Local: Auditório UBM – Campus Cicuta
Público Alvo: Estudantes do Ensino Médio

Mesa 2: Políticas Sociais de Promoção a Igualdade Racial no Estado do Rio de Janeiro.
Horário: 14h30minh
Local: Auditório UBM – Campus Cicuta
Público Alvo: Instituições Públicas e Privadas / Rede de Apoio e Atendimento a Criança e Adolescente / Sistema de Garantias

Mesa 3: Conquistas e Desafios do Movimento Negro na luta por direitos no contexto neoliberal.
Horário: 19h
Local: Auditório UBM – Campus Cicuta
Público Alvo: Universitários

Encerramento

Apoio: Unicef e Assessoria de Igualdade Racial


Fonte: http://web.ubm.br/page/eventos_detalhes.asp?cod=235


quarta-feira, 24 de agosto de 2011




Desigualdades, oportunidade de aprendizagem 

Dear Colleages,

We would like to ask you to circulate the attached program and this call for applications. I would like also to ask you to motivate your doctoral students and young postdoctoral scholars to take part in this Summer School on: Interdependent Inequalities in a Global Perspective. Class, Racial, Gender and Ethnic symmetries in Latin America.


The Summer School will take place from October 31 to November 4 in Buenos Aires, Argentina. All travel costs of the selected participants will be covered by the organisation.

We have extended the deadline for applications to September 4, 2011.


Applications should be sent directly to summerschool2011@desigualdades.net


With kind regards and thank you for your cooperation


Sérgio Costa
Prof. Dr. Sérgio Costa, Soziologie
Lateinamerika-Institut, Freie Universität Berlin
Rüdesheimer Str. 54-56
D-14197 Berlin Germany
Tel.: +49 30 83855446
Fax: +49 30 838 55464


http://www.lai.fu-berlin.de/homepages/costa/index.htmlLlamado_Escuela_de_Verano_2011_2%5B1%5D.pdfprograma_summer_school_Buenos_Aires%5B1%5D.pdf


Fontes:
http://www.desigualdades.net/
Rede Aruanda Mundi: http://aruandamundi.ning.com/?xg_source=msg_mes_network



terça-feira, 23 de agosto de 2011



SOUL  AFRICA
Música Negra da Melhor Qualidade













Inscrições abertas: 01 a 31 de Agosto/11

3º Congresso Baiano de
Pesquisadores Negros e
3º Seminário Áfricas
Historiografia Africana e Ensino de História

TEMA :
ÁFRICA E DIÁSPORA: PARA ALÉM DAS FRONTEIRAS
Santo Antonio de Jesus/BA
12 a 16 de outubro de 2011

Estão abertas as inscrições para o 3º Congresso Baiano de Pesquisadores Negros e o III Seminário Áfricas, que acontecerá na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) no Campus V – Santo Antonio de Jesus no período de 12 a 16 de outubro de 2011. Este encontro de caráter interdisciplinar, que é uma promoção da Associação Baiana de Pesquisadores Negros (APNB) e da Rede Internacional de Estudos Africanos e da Diáspora (READI) em parceria com universidades estaduais (UEFS, UNEB, UESB, UDESC) e federais (UFBA, UFRB) do estado, tem como tema ÁFRICA E DIÁSPORA: PARA ALÉM DAS FRONTEIRAS.

O objetivo desse evento é reunir pesquisadores, professores e demais interessados na temática dos Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, nacionais e estrangeiros, com o propósito de intercambiar experiências de pesquisa e promover debates interdisciplinares, estimulando diálogos com pesquisadoras/es e instituições nacionais e internacionais de pesquisas, intensificando a ampliação de debates e proposições na área de relações étnico-raciais, para fortalecer a rede de pesquisa internacional entre as populações negras do Brasil, da diáspora africana nas Américas e dos países africanos.


Fontes:
http://apnb.org.br/http://apnb.org.br/
http://www.ceao.ufba.br/




 
1º Seminário de
Políticas Públicas de
Promoção da Igualdade Racial

Dia 25 de agosto, na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, das 8h30 às 13h, um conjunto de organizações realizará o 1º. Seminário de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial – Geração de Trabalho, Emprego e Renda na Cidade de São Paulo.



A Txai é parceira técnica do evento e acredito que será um momento muito especial para melhor entendimento dos desafios e possibilidades presentes hoje na questão do negro na sociedade brasileira. Na plateia teremos pequenas, médias e grandes empresas, ONGs, organizações governamentais, universidade, num momento raro de articulação de todos os setores na busca de soluções para garantir equidade nas relações raciais.


No início do dia, além da abertura do Secretário Marcos Cintra, teremos um panorama geral da situação do negro no país, oferecido pelo economista Marcelo Paixão. Também teremos um panorama das ações governamentais e das implicações do Estatuto do Negro, em apresentação de Maria Aparecida de Laia, coordenadora da CONE – Coordenadoria de Assuntos da População Negra da Prefeitura de São Paulo. Em painel mediado por mim, um conjunto de organizações representativas da promoção da igualdade racial no âmbito do emprego e renda compartilhará suas práticas e visões, abrindo para questões da plateia.




Fonte:


DIA DO PSICÓLOGO(A)
27/08

 

PROGRAMAÇÃO NO CRP-03
SALVADOR/BA












Espaço Cultural
Zumbi dos Palmares

O Espaço Cultural Zumbi dos Palmares, da Câmara dos Deputados, estará recebendo até o dia 15 de novembro, as inscrições para a Agenda Cultural 2012, que contempla artes plásticas e fotografia. Os interessados em apresentar projetos para exposições individuais ou coletivas devem se inscrever através do envio de dossiê. Os projetos deverão ser enviados para: Edifício Principal – Piso inferior, Ala “E” – sala 23, Câmara dos Deputados Brasília- DF, CEP 70.160-900. Os telefones para contato são: (61) 3215-8080 ou 3215-8081. O edital está no site http://www2.camara.gov.br/a-camara/conheca/espaco-cultural/.
 
Ao destinar novo espaço à arte, à cultura e à história brasileiras, a Câmara Federal estabelece mais uma via de aproximação com a sociedade, pois oferece a ela um território de reflexão de seus costumes, ideias, expectativas e visões de mundo, através da expressão artística e intelectual. O Espaço Cultural soma-se ao debate político no largo exercício de ouvir e refletir os anseios da sociedade, em íntima consonância com o papel institucional da Câmara dos Deputados. Sua meta é sustentar mecanismos de promoção e valorização das culturas regionais, divulgar a produção artística contemporânea, a memória da instituição e a história do país.
 
As áreas destinadas a eventos culturais, previstos pelo Ato da Mesa 116/02, são, portanto, espaços para o exercício da cidadania. São também espaços teóricos e de interlocução da sociedade civil e dos organismos governamentais com a Câmara dos Deputados. Além de projetos artísticos que revelam o mapa brasileiro das artes plásticas, da música e da literatura, onde figuram manifestações da mais alta qualidade, também são expostos projetos de diversas organizações voltadas para os direitos das mulheres, o meio ambiente, a economia, a cultura afrodescendente, o desenvolvimento social e tecnológico. Assuntos que ora dialogam com a pauta de discussão política da Casa, ora ilustram as ações desenvolvidas pelos diversos setores que promovem o Estado brasileiro. São espaços de grande circulação e que, por isso, dão às exposições notada visibilidade perante a comunidade legislativa e parlamentar.

Fontes:


sábado, 20 de agosto de 2011



MOJU
A HISTORIA AFRO DA
 MUSICA BRASILEIRA






quarta-feira, 10 de agosto de 2011




OFICINA DE PERCURSSÃO
em Brasilia




domingo, 7 de agosto de 2011





ORQUESTRA
 AFRO SINFÔNICA
08/08  e quinzenalmente até dezembro/11  -  19h
  

ESPAÇO CULTURAL DA BARROQUINHA
(ao lado do Cine Glauber Unibanco, Castro Alves)


Tel. 3334-7350 - 
Salvador / BA 



Desde a sua formação, a orquestra afro sinfônica já possui um caráter de inovação a começar pelas composições e arranjos inéditos criados pelo maestro Ubiratan Marques, até a inserção de cantoras como um naipe permanente da orquestra. O desafio avant garde desse grupo agora apresenta uma série de concertos inéditos, com parceiros muito especiais, em um local ainda mais apropriado, o Espaço Cultural da Barroquinha. Com uma arquitetura e acústica aproveitada da Igreja da Barroquinha, os concertos adquirem uma identidade única e excêntrica. A igreja da Barroquinha, que pela sua história, já apresenta uma unidade entre a cultura afro, representada pelas mulheres negras que freqüentavam a igreja no sec XVII, e a sonoridade dos tambores dos terreiros instalados na região. 

Percebendo essa possibilidade de unir a história à contemporaneidade, o maestro Ubiratan Marques escolheu essa acústica sutil e convidou Mateus Aleluia para ser o diretor musical dos 12 concertos que a orquestra,  sugeriu um encontro raro entre a música afro sinfônica  e o regionalismo baiano. Assim surgiu a idéia de fazer um a espécie de intercâmbio cultural baiano, compondo o palco com artistas convidados de Salvador e do interior da Bahia, indo em contraponto ao que geralmente é visto quando orquestra convidam artistas eruditos ou populares de projeção nacional. Dessa forma compartilharão o palco com a Orquestra Gerônimo, Lazzo, Letieres Leite, Mariella Santiago, Manuca Almeida, entre outros . A proposta é trazer os talentos dos entornos da metrópole e abrir essa porta de troca cultural. É uma oportunidade única de fazer crescer música de orquestra, falando uma linguagem que o público baiano entenda e se identifique. 














CAMINHADA EM DEFESA DA
LIBERDADE RELIGIOSA
18/09 no Rio de Janeiro







A Z O A N Y
* Seminário : 11/08/11
* XIII Caminhada: 16/08/11
Em Salvador / BA






PROJETO 
PÍPULAS DE AXÉ
13/08 em São Paulo




quarta-feira, 3 de agosto de 2011



Curso sobre
cobertura midiática das
questões de gênero, raça e etnia




Jornalista baiana ministrará curso sobre cobertura midiática das questões de gênero, raça e etnia
Postado por Instituto Mídia Étnica em 31 julho 2011 às 19:25


Enviar mensagem Exibir blog de Instituto Mídia ÉtnicaInscrições para o curso, voltado para estudantes de jornalismo e profissionais da área, se encerram na próxima quarta-feira (03)

A jornalista baiana e mestre em Estudos Étnicos e Africanos pela Universidade Federal da Bahia, Cleidiana Ramos ministrará aulas sobre jornalismo, ética, diversidade, gênero e raça para 400 estudantes e jornalistas de oito estados brasileiros (Amazonas, Pará, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul). O Curso de Gênero, Raça e Etnia para Jornalistas é um projeto promovido pela Federação Nacional dos Jornalista (Fenaj) e ONU Mulheres (Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres), que tem como foco a cobertura de fatos sociais, baseado em jornalismo, ética e diversidade.

O curso gratuito que começa partir do dia 08 de agosto é voltado para estudantes de jornalismo a partir do 6º período/semestre e profissionais da área. Podem se inscrever jornalistas, repórteres, produtores, pauteiros, redatores, editores, fotógrafos, repórteres cinematográficos e de meios eletrônicos.

“Este curso representa um grande passo para melhorar a cobertura midiática, sobretudo por tratar-se de mais um instrumento de orientação para os jornalistas de veículos e estudantes sobre a diversidade e pluralidade da população brasileira”, comentou a idealizadora e editora do caderno especial sobre o Dia da Consciência Negra, publicado no jornal A TARDE, desde 2002, Cleidiana Ramos.

A jornalista é editora do blog do Mundo Afro, especializado em temas relacionados a identidade negra, cultura afro-brasileira e religiosidade, hospedado no Portal A Tarde Online do Grupo A Tarde. No ano passado, Cleidiana Ramos coordenou a equipe vencedora do Prêmio Banco do Nordeste 2010, nas categorias Mídia Impressa Regional e Mídia Impressa Nacional, com o especial Produtores de Owó, que abordou a participação dos afrodescendentes na economia de Salvador.


Metodologia
O programa está baseado em dois módulos e duas atividades pedagógicas: Gênero, Raça e Etnia em Sociedade; Jornalismo, Ética e Diversidade; Leitura Crítica da Mídia; e Experiências e Trajetórias Locais: Identificando Novas Fontes.

O curso é desenvolvido com assessoria técnica e financeira do Programa Regional de Incorporação das Dimensões de Gênero, Raça e Etnia nos Programas de Combate à Pobreza da Bolívia, Brasil, Guatemala e Paraguai e do Programa Interagencial de Gênero, Raça e Etnia do Sistema ONU no Brasil, financiado pelo Fundo para o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O curso ocorre no âmbito das atividades do Ano Internacional das e dos Afrodescendentes, estabelecido pelas Nações Unidas, e da Campanha do Secretário-Geral da ONU “Brasil: Una-se pelo fim da violência contra as mulheres”.

Informações para Inscrição:
Investimento: gratuito, com certificado de 8h/aula emitido pela FENAJ e ONU Mulheres.
Período do curso: 8/8 a 1/9/2011.
generoracaetniaparajornalistas.wordpress.com
grejornalistas@gmail.com

Para se inscrever, basta o profissional apresentar cópia da página da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em que consta o número do registro profissional de jornalista. Os alunos das faculdades de jornalismo devem apresentar declaração da instituição de ensino ou cópia da carteira de estudante 2011 em que conste o nome do curso.

Cronograma do Curso

Data / Localidade / Contato

8 e 9/8/11 Amazonas – Manaus sindicato@jornalistasam.com.br
10 e 11/8/11 Pará – Belém sinjor@jornalistasdopara.com.br
15 e 16/8/11 Ceará – Fortaleza sindjorce@sindjorce.org.br
17 e 18/8/11 Pernambuco – Recife jornalistas-pe@ig.com.br
22 e 23/8/11 Alagoas – Maceió sindjornal@uol.com.br
24 e 25/8/11 Rio de Janeiro – Rio de Janeiro sindicato-rio@jornalistas.org.br
29 e 30/8/11 São Paulo – São Paulo jornalista@sjsp.org.br
31/8 e 1/9/11 Rio Grande do Sul – Porto Alegre sindjors@jornalistasrs.org

Fonte: Instituto Mídia Étnica com informações do Blog do Curso
http://generoracaetniaparajornalistas.wordpress.com/
http://correionago.ning.com/profiles/blogs/jornalista-baiana-ministrara-c
 



10ª FEIJOADA DA ALEGRIA
07/08/11 em Volta Redonda/RJ





 

 

Palestra sobre saúde da

população negra


A Prefeitura do Salvador, através da Secretaria Municipal da Reparação (Semur) e da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realiza a palestra "Panorama da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra". A palestra é destinada aos servidores municipais, gestores, sociedade civil, além de profissionais e estudantes da área. A discussão ocorrerá nesta quinta-feira (4), às 9h, na Rua do Tesouro, no auditório da Secretaria da Fazenda (Sefaz).


A palestra está sendo organizada pelo Grupo de Trabalho de Saúde da População Negra (GT-SPN), que tem atuado no sentido de dar visibilidade a população negra e buscado alternativas para melhoria de vida desta população. Serão tratados os temas

"Estatuto da Igualdade Racial", com o secretário municipal da Reparação Ailton Ferreira; "Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, com a coordenadora da Assessoria de Promoção da Equidade Racial em Saúde (Aspers/SMS) Silvia Augusto e "Impacto do Racismo na Saúde Mental", com o psicólogo Valter da Mata . Para obter mais informações, o interessado deve entrar em contato com os números (71) 4009-2609 ou (71) 4009-2608


fonte:
http://sindseps-sindseps.blogspot.com/2011/08/palestra-sobre-saude-da-populacao-negra.html