RECEBA ATUALIZAÇÕES DO BLOG VIA EMAIL

sábado, 28 de janeiro de 2012

EXPOSIÇÃO AGBARA ORIXÁS


A escolha da representação dos orixás por meio de seus figurinos proporcionou ao artista - que já atuou como carnavalesco em diversas escolas, tais como Estrelinha da Mocidade Independente de Padre Miguel (2007 e 2006) e Unidos de Padre Miguel (2002), e como assistente de carnavalesco na Viradouro (2002) - aplicar seus conhecimentos de estilismo, desenho de estamparia e educação artística adquiridos em formação acadêmica que engloba instituições como  SENAI/CETIQT, UERJ e UFRJ. Além disso, a aproximação com os orixás por meio da arte simboliza para o artista o reencontro com um universo presente em sua infância, já que cresceu em meio a familiares que praticavam o candomblé e no bairro onde foi nascido e criado, Realengo, localizado na Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, havia muitos terreiros de candomblé e casas de umbanda.

Exu, Iemanjá, Xangô, Oyá, Oxum, Obá, Ogum, Oxóssi, Obaluaê, Nanã, Oxumarê, Ossaim, Logum Edé, Ewa e Oxalá são os orixás que terão suas indumentárias expostas na galeria e representam não só a religião afro-brasileira, mas remontam a um período da história do Brasil que culminou com a junção de elementos africanos e brasileiros, o período da escravidão. Neste momento, negros de diversas etnias eram trazidos ao Brasil para servirem como escravos, e com eles vieram suas crenças, costumes e religiões, que adaptados ao novo contexto, sobreviveram e hoje exercem presença no cenário religioso e cultural do Brasil.

UERJ/SR-3/Decult apresentam: 
Exposição Agbara Orixás

Local: Galeria Cândido Portinari - Rua São Francisco Xavier, 524 - Maracanã /Tel.: (21) 2334-0728 / 0114

Abertura: 2 de fevereiro, quinta-feira, às 19h
Visitação: 2 de fevereiro a 16 de março de 2012
De: segunda a sexta, das 9h às 20h

ENTRADA FRANCA

AMIGOS DO CHAME - O MELHOR DA BLACK MUSIC


Volta Redonda/RJ





"MULHER ANGOLANA: AO ENCONTRO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL?"


EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA
São Paulo




FEIJOADA DE FRUTOS DO MAR - MÔNICA ANJOS



Dia 2 de Fevereiro vamos saudar Iemanjá




A Feijoada de Frutos de Mar de Mônica Anjos acontece pelo segundo ano durante a celebração da festa de Iemanjá, na calçada da loja de frente para o mar da Paciência no Rio Vermelho, esse ano a feijoada vem mais incrementada com a locação do espaço da antiga San Sebastian, com isso o evento ganha uma nova área onde poderá atender com mais conforto seus convidados, o formato artístico se repete com a participação de conhecidos DJs, percussionistas convidados e decoração assinada pelos artistas Gilson Cardoso e Sérgio Soares, produzindo um clima criativo e dançante para celebração nesse dia tão significativo de nossa cultura. 
A lotação é limitada por isso aproveitem para adquirir seus colares estilizados que dão acesso e direito a saborear a maravilhosa feijoada de frutos do mar feita especialmente para o evento, além de desfrutar de uma vista privilegiada da festa.
Vendas pelo tel. Loja (71) 3181.8614

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

RIOTUR PROMOVE CURSOS DE CAPACITAÇÃO: TURISMO E GASTRONOMIA


Riotur oferece cursos gratuitos em Turismo e Gastronomia

A Riotur e o Comitê Pela Vida abrem inscrições para cursos de capacitação na área de turismo e gastronomia no Rio de Janeiro. São 300 vagas para funções de camareira/arrumador e garçom/garçonete. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nos dias 31 de janeiro e 01 de fevereiro, de 9h às 13h, no Centro de Artes Calouste Gulbenkian, localizado na rua Benedito Hipólito, nº 125, Praça Onze.

Para participar, é necessário ter de 17 a 45 anos, ensino fundamental completo e apresentar identidade e CPF no ato da inscrição. As aulas começam no dia 01 de março.

Serão disponibilizas 100 vagas para cada curso. O módulo de gastronomia também inclui noções de inglês e terá duração de 320 horas, e o de garçom/garçonete e camareiro/camareira, 160 horas. Os melhores alunos vão ser encaminhados para o mercado profissional por professores já atuantes em suas respectivas áreas. Após a inscrição, os candidatos passarão por uma entrevista e os escolhidos receberão material didático e vale transporte para assistir aulas teóricas e práticas. Mais informações no telefone 21 3852-1995 (Comitê Pela Vida).

Fontes:
http://pref-r-janeiro.jusbrasil.com.br/politica/8363474/riotur-promove-cursos-de-capacitacao
http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/mercado/riotur-oferece-cursos-gratuitos-em-turismo-e-gastronomia_75088.html?pesquisa=1

POESIA SAMBA SOUL


SESC INTERLAGOS - SP


GRUPO DE TRABALHO PERMANENTE DE ENFRENTAMENTO À INTOLERÃNCIA RELIGIOSA


Rio de Janeiro


YEMANJÁ É BLACK - MODA, ESTILO E ANIMAÇÃO PARA SAUDAR A RAINHA DO MAR


A festa Yemanjá é Black reunirá moda e música para saudar a vaidosa Orixá.
Salvador/BA



O PASSAPORTE para a festa é uma camiseta EXCLUSIVA da Negrif.
Terá como atrações o grupo de samba BAMBEIA e o DJ BANDIDO.
Os participantes terão direito a uma deliciosa FEIJOADA, em um dos locais privilegiados 

da folia: o Sunshine Bar, localizado próximo à Colônia de Pescadores Z1, de onde sai o 
presente principal para a Rainha do Mar.

ATITUDE BLACK - PREMIAÇÃO DOS MELHORES DE 2011


Rio de Janeiro




CULTNE: ROSE ENTREVISTA ELLEN OLÉRIA NA FEIRA PRETA - 2011





Com imagens e edição de Filó Filho e Pedro Oliveira, o Cultne esteve presente na X Feira Preta realizada no último dia 18 de dezembro de 2011. Durante o evento o Culten contou com a valiosa contribuição de Rose Perola Negra (diretamente de Volta Redonda) que entrevistou a cantora Ellen Oléria que se apresentou na Feira Preta.


Ela é apontada como o maior expoente do cenário musical brasiliense, com sorriso aberto e muita presença de palco, Ellen Oléria esbanja em sua voz e violão um swing impressionante! Seu som mistura samba, afoxés, jazz e hip hop.


Com letras e melodias envolventes, a cantora e compositora demonstra flexibilidade como intérprete, maturidade na composição e a solidez do seu projeto autoral no seu primeiro disco "peça" lançado em 2009.


Ellen Oléria é atriz formada pela Universidade de Brasília. Atua desde o ano 2000 no circuito cultural como cantora, compositora e instrumentista autodidata. Ganhou inúmeras edições do Festival Universitário FINCA (Festival Interno de Música Candanga) da Universidade de Brasília, é a maior vencedora da história do Festival de Música Tom Jobim do Sesc -- DF, multipremiada no Festival de Música dos Correios. 


Influenciada pela multiplicidade na música de Gilberto Gil, Alceu Valença, Carlinhos Brown e Racionais Mc's, pelas divas do samba Jovelina Pérola Negra, Clementina de Jesus e Lecy Brandão, pelo suingue da música africana de Bonga (Angola) e Richard Bona (Camarões), e pelas vozes do soul e do R&B estadunidenses de Jill Scott, Tina Turner e Nina Simone, a música de Ellen Oléria se soma à influência samba-jazz da banda pret.utu em outubro de 2005 e não deixa dúvidas sobre à que veio: representar com primor a música brazuca. 


Seu repertório atinge grande diversidade de público. Depois de abrir shows de Ney Matogrosso, Margareth Menezes, Geraldo Azevedo e Milton Nascimento, Ellen Oléria já dividiu o palco com Yamandú Costa, Hamilton De Holanda, Diogo Nogueira, o grupo argentino Actitud María Marta, Móveis Coloniais de Acajú, e com o talento de Emicida. Aceitando convites de Gérson King Combo e GOG para participações especiais, Ellen Oléria é presença recorrente nos shows desses artistas. Saiba mais:http://ellenoleria.tnb.art.br



VALTER DA MATA - RACISMO INSTITUCIONAL





FESTA BLACK 2 - TRIBUTO AO CTC


Volta Redonda/RJ