RECEBA ATUALIZAÇÕES DO BLOG VIA EMAIL

terça-feira, 4 de junho de 2013

PALESTRA: “O MUNDO FALAVA ÁRABE: A CIVILIZAÇÃO ÁRABE-ISLÂMICA CLÁSSICA ATRAVÉS DA OBRA DE IBN KHALDUN E IBN BATTUTA”



O Laboratório de Estudos Africanos (LEÁFRICA) e o
Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro
convidam para mais uma sessão do EncontrÁfrica, com a palestra:


“O MUNDO FALAVA ÁRABE:
A CIVILIZAÇÃO ÁRABE-ISLÂMICA CLÁSSICA ATRAVÉS DA
OBRA DE IBN KHALDUN E IBN BATTUTA”

com a Prof.ª Dr.ª Beatriz Bissio
Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense
Professora de Ciência Política – IFCS - UFRJ

06 de junho de 2013, quinta-feira
Horário: 18h
Instituto de História da UFRJ
Largo de São Francisco nº1 – Centro
Rio de Janeiro, RJ, sala 113

Professora Adjunta e Diretora substituta do Depto. de Ciência Política do IFCS/UFRJ. Doutora em História (Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.) Título da pesquisa: Percepções do espaço no Medievo Islâmico. O exemplo de Ibn Khaldun e Ibn Battuta. (Indicada para o Prêmio ANPUH 2010 pelo PPGH/UFF e publicada pela Editora Civilização Brasileira com o nome "O mundo falava árabe".) Graduada em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. Como correspondente de vários meios de comunicação latino-americanos e como fundadora, diretora e editora das revistas Cadernos do Terceiro Mundo (1974-2006), Ecologia e Desenvolvimento (1991-2006) e Revista do Mercosul (1992-2006), percorreu, ao longo de três décadas, a América Latina, África e Ásia, em particular o Oriente Médio, e fez a cobertura de momentos marcantes da história contemporânea como a guerra de libertação e a independência de Angola e Moçambique, a luta contra o apartheid na África do Sul, o conflito árabe-israelense, a guerra no Líbano, a questão do Iraque, as Conferências do Movimento Não Alinhado e da ONU (Beijing sobre a Mulher, etc). Uruguaia, naturalizada brasileira, morou na Argentina, Peru, México e Portugal.

Confere-se certificado de ouvinte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário